Um dos maiores jornais em língua inglesa do mundo, o Guardian, publicou recentemente em seu site uma matéria sobre o pantera negra do parkour, Sebastien Foucan. A reporter, Tina El-hage, diz ser uma praticante (novata) de Parkour, e faz um bom trabalho retratando a filosofia de Foucan e relatando suas próprias experiências na prática. Algo que não me canso de me surpreender, é como o Foucan tem trabalhado em separar as filosofias do Parkour e do FR – coisa não muito comum entre grupos veteranos como Parkour Generations e Yamakasi. Ah, detalhe, a matéria é em inglês – e se quiser conferi-la, só clicar aqui.