A notícia divulgada no jornal on-lineHollister Freelance” trouxe um ponto de vista um tanto quanto diferente sobre invasões de espaços privados para treinos de Parkour. Os moradores do centro da cidade de Hollister, estado da Carolina do Norte, acionaram as autoridades locais por causa da invasão freqüente dos praticantes aos prédios comerciais.

 No primeiro momento, os policiais apenas sabiam que a invasão acontecia com certa freqüência.  Não se tinha informações de quem eram, quantos eram e do porque estarem se comportando dessa forma. A informação que se repetia para eles era que os invasores eram jovens e que o horário preferido se resumia aos finais de semana e as horas depois da escola. Equipes de plantão foram acionadas e colocadas a postos para tentar pegar os infratorezinhos no flagra.

 As declarações dos policias, repórteres e moradores são no mínimo interessantes:

 “Parece ser uma espécie de desafio.”

 “Não dá pra entender direito o que motiva esses jovens a invadir, mas o perfil parece encaixar com um fenômeno cultural francês denominado Parkour, onde se trabalha a idéia de transpor obstáculos e depois eles gravam suas façanhas e disponibilizam em sites como o Youtube.”

 “Se alguém vir essas pessoas escalando os muros e ou em cima das casas, podem chamar o Departamento de Polícia de Hollister no (831) 636-4330”.

 Notícia enviada pelo nosso amigo, e praticamente colaborador, Lucas Straub.