Um novo campeonato com Parkour? Não. O National Parkour Summit é um grande evento de Parkour, realizado pela PK Visions (PKV), que ocorre em Seattle com uma serie de seminários, workshops, treinos livres, e “competições” – favor olhar as aspas.

O evento ocorreu faz alguns meses, nos dias 22 a 25 de Julho, mas se tornou noticia no GoOutside, como novo campeonato parkourniano. Na realidade o DESAFIO “Invitational Obstacle Course Challenge” aconteceu no primeiro dia de encontro. Nos dias seguintes correram seminários, workshops e treinos livres.

Expanda a postagem para saber mais (tem videos)!

A matéria original – da GoOutside – me pareceu sensacionalista e pouco aprofundada, confundiu a competição com evento todo. Ainda assim, o autor, pareceu conhecer a polemica “Pratica do Parkour VS Evento Competitivo”.

“Pratica do Parkour VS Evento Competitivo” é uma polemica constante, divisora de opiniões. Sempre me posicionei contra, entretanto, dessa competição em especial sou a favor. Ao contrario do Baclaycard ou Art of Motion e várias outras competições, essa agregou valores aos participantes e a comunidade, o “campeonato” consistiu em vários cursos livres onde o tracer deveria passar (tocar) vários Xs espalhados pelo Gasworks Park e o Novo GYM da PKV e premio foi uma simples camisa.

“Ambos os eventos, foram oportunidades de aprender sobre autoconhecimento, sobre meios mais rápidos de superar obstáculos e sobre companheirismo em competições.” Afirma a review oficial.

Refletindo um pouco, o termo competição é equivocado e não deveria ser temido, o termo esportivização é mais adequado. O problema não esta em competir – sejamos honestos, em todos os treinos ocorrem disputas. O problema esta no significado e intenções que a competição carrega e sua proposta.