DISASTER OF MOTION PRONTA PARA USO

 

 

Uma campanha inusitada invadiu o youtube e os grupos de Parkour no Facebook. A manifestação viral e virtual chamada “Disaster of Motion” é o segundo ato de protesto brasileiro contra o evento Art of Motion e a forma como a Redbull lida com as modalidades e seus respectivos praticantes. O objetivo deste manifesto é se fazer ouvir a frente do processo de “vídeos submission” que está sendo concluído para encontrar atletas para o Redbull Art of Motion Santorini 2013.

Até agora vários participantes do Brasil já aderiram a campanha (você pode conferir alguns dos vídeos na galeria abaixo).

A campanha encontra-se alojada no site “Pro Parkour Brasil” onde foi divulgado um texto sobre o manifesto (basta expandir o tópico). Dentre outras coisas, os manifestantes se colocam contra a forma como a Redbull trata os praticantes das modalidades que investe e o formato criado em cima do Art of Motion.

Quem quiser participar, basta criar um vídeo sátira ao evento da Redbull e usar o modelo ” (Seu Nome) – AOM Submission 2013″. No final do vídeo, basta colocar a foto que esta a disposição lá em cima e na descrição do seu vídeo, o texto do manifesto. E aí? Vai ficar de fora?

A manifestação viral e virtual chamada “Disaster of Motion” é o segundo ato de protesto brasileiro contra o evento Art of Motion e a forma como a Redbull lida com as modalidades e seus respectivos praticantes. O objetivo deste manifesto é se fazer ouvir a frente do processo de “vídeos submission” que está sendo concluído para encontrar atletas para o Redbull Art of Motion Santorini 2013.

Somos contra essa competição e a forma desrespeitosa com que a Redbull manipula praticantes de todo o mundo para que sustentem e se empenhem em divulgar, representar e literalmente “dar o sangue e o suor” pela empresa.

Não estamos nos posicionando enquanto defensores de uma atividade ou outra. Nos posicionamos contra o evento e o comportamento da empresa.

Estamos indignados com o comportamento sujo e explicito de praticantes que se deixam enganar e seduzir pelas promessas de fama, viagens, títulos e ranking. Estamos indignados com a forma desonrosa como a empresa e os participantes do evento jogam fora os valores e os princípios básicos das atividades que vestem a camisa.

Não acreditamos que o melhor atleta é aquele que apresenta o melhor movimento, a melhor evolução ou o que anima mais o público. Não acreditamos que atletas de respeito, dessas modalidades, possam ser colocados em uma “gaiola de macacos” para se digladiar feito animais por um prato de comida. E também não acreditamos que as tentações e os prêmios justifiquem a participação em algo do tipo.

O Art of Motion age de forma inescrupulosa e, apesar de conseguir ludibriar espectadores e praticantes, não se põe limites de até onde pode pisotear, humilhar e cuspir na cara de atividades de rua que nasceram com intuito de criar seres humanos melhores, livres de manipulação e moralmente fortalecidos.

Somos brasileiros mas falamos o mesmo idioma que vários outros praticantes do mundo. Somos contra o formato de eventos proposto pela Redbull em cima do “Art of Motion” e por isso nos manifestaremos sempre que possível com toda nossa repulsa.