O Team Tempest passou por maus bocados no começo do ano. O grupo californiano foi chamado pela rede de fast-food “KFC” para promover um vídeo utilizando movimentações urbanas enquanto se comia potes com frango e batata frita. A agência Draftfcb queria com a ideia promover a empresa de fast-foods com um vídeo que se tornasse viral. O resultado foi inesperado. Praticantes de todo o mundo começaram a se manifestar contra a campanha pois ela associava diretamente a atividade com a promoção de um alimento que não faz bem a saúde. O vídeo foi lançado no final de dezembro e retirado dos canais da empresa no inicio de Janeiro.

Após se dar  conta da manifestação massiva dos praticantes, um dos diretores do Team Tempest emitiu uma nota:

“Quando a produção nos abordou, eles apresentaram um conceito e uma prévia, não o comercial completo. Como nós trabalhamos duro aqui na Academia para promover o bem-estar e a saúde, ficamos surpresos quando vimos a campanha no canal deles. Primeiro, porque nos sentimos lesados por ter o material divulgado sem nossa permissão, e segundo, porque não queremos que o Team Tempest ou a Academia Tempest apoie comidas que não são saudáveis.”

A declaração rendeu repercussões:

Glasgow
“Nossos alunos que acham legal o TeamTempest, gostaríamos de dizer que vocês NÃO IRÃO se tornar atletas se comer KFC. Eles deram um péssimo exemplo.”

student
“Calma aí. Independente do motivo porquê vocês filmaram, vocês aceitaram o trabalho com a KFC. Vocês promoveram a KFC. Os membros do seu grupo é que estão correndo nas avenidas e comendo KFC. Seria muito mais respeitoso, para ser honesto, se vocês dissessem que pegaram o trabalho e que ele desandou, do que tentar jogar a culpa. Eu sempre respeitei muito vocês, vocês já criaram um excelente material e ampliaram os horizontes. Infelizmente, não há como correr do fato de que vocês aceitaram trabalhar com uma empresa de fast-food. Não há desculpas e o desapontamento é geral. Não irei mais mencionar o grupo de vocês como um bom exemplo para as pessoas com quem eu trabalho, e vocês deveriam fazer alguma espécie de reconhecimento de culpa para seus alunos e não dar uma desculpa esfarrapada.”

E diziam que lutar por valores do Parkour é coisa de brasileiro… Lembram da Campari, né?

Matéria original: http://www.businessinsider.com/kfc-removes-team-tempest-go-cup-ad-2014-1